jusbrasil.com.br
17 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Rádio Espírito Santo completa 69 Anos

    Governo do Estado do Espirito Santo
    há 10 anos

    A Rádio Espírito Santo 1160 AM, emissora do Sistema RTV Rádio e Televisão Espírito Santo, completa nesta quarta-feira (14), 69 anos de existência. A emissora comemora a data iniciando o trabalho de implantação do novo parque de transmissores, cobertura esportiva e transmissão dos principais eventos populares do nosso Estado. No último fim de semana, o pontapé inicial foi dado com a cobertura do Campeonato Capixaba de Futebol. Em fevereiro a grande atração será a transmissão do Desfile das Escolas de Samba, no Sambão do Povo, em Vitória.

    A implantação do novo parque de transmissores com um novo transmissor 50 Kw de potência e preparado para o rádio digital acontecerá ainda no primeiro semestre do ano. Já a premiada cobertura jornalística será ampliada com novos programas e novos horários. A partir da próxima segunda-feira (19), a emissora vai colocar em ação o planejamento para a grande comemoração de 70 anos.

    Um pouco da História da Rádio ES AM

    Até 1936 apenas as principais rádios do país deleitavam os ouvintes capixabas. Porém, a recepção que apenas acontecia ao cair da tarde, chegava com muita precariedade e sujeita às intempéries atmosféricas, pois, naquela época, qualquer mudança climática afetava as transmissões: Uma simples chuva provocava um autêntico festival de estática e chiados, reproduzindo, com a mais absoluta fidelidade, o som dos raios e trovões.

    Com uma programação que visava o entretenimento, utilizando radionovelas, programas de auditório, coberturas esportivas, transmitindo música e informação jornalística, a Rádio Educadora Paulista, Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, Rádio Mayrink Veiga, entre outras, faziam parte do cotidiano das famílias da Capital do Espírito Santo.

    Antes disso, em 09 de setembro de 1933, Aphrodísio Ribeiro Coelho, Augusto de Figueiroa Costa, Balbino Quintaes Júnior, Dagmar Becacici, Flávio Abaurre, Guilherme Abaurre, Djalma Cabral, Nicanor Paiva e Manoel Luiz Mazzi, se uniram para adquirir e instalar os equipamentos que se tornariam a engrenagem da Sociedade Civil Recreativa Rádio Clube do Espírito Santo, mais conhecida na época como 'A Voz de Canaã'. Durante os cinco anos seguintes, a agremiação foi responsável pelas transmissões em caráter experimental da então PRI-9.

    Em 1939, o Governo do Estado entra em cena como acionista majoritário, sendo que a inauguração oficial da recém-criada Sociedade Anônima Rádio Clube do Espírito Santo aconteceu em 14 de janeiro de 1940. Em 1949 o acervo da emissora passou definitivamente ao patrimônio do Estado, nove anos após a Rádio Nacional ter sido estatizada pelo Governo Vargas, e a emissora passou a denominar-se Rádio Espírito Santo.

    O pioneirismo da Rádio Espírito Santo abriu as portas para a propagação da cultura capixaba e revelou diversos profissionais que até hoje são reconhecidos pela sociedade local. Além disso, a sua importância também está no fato de, por integrar o Governo do Estado, carregar em sua trajetória uma parte importante da história do Espírito Santo.

    Sendo assim, desde sua criação até os dias de hoje, a Rádio Espírito Santo se revelou fonte de memória para o Estado e catalisador de talentos.

    Informações à Imprensa:

    Gerência de jornalismo �" Rádio ES AM

    Amaro Neto

    Tels.: (27) 31372908

    amaroneto@rtv.es.gov.br

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)