Carregando...
JusBrasil - Política
24 de abril de 2014

Educação alimentar é pauta de trabalhos na Escola Estadual Brasil, em Baixo Guandu

Publicado por Governo do Estado do Espirito Santo (extraído pelo JusBrasil) - 4 anos atrás

LEIAM 0 NÃO LEIAM

Estimular a alimentação saudável por meio do conhecimento dos alimentos, seus benefícios e valores nutricionais. Esta é a meta da Escola Estadual de Ensino Fundamental Brasil, localizada em Baixo Guandu, com o projeto Pequena Enciclopédia: Nutrição e qualidade de vida. Por meio de atividades interdisciplinares, o trabalho faz sucesso entre os alunos e já alcança bons resultados.

Nos preocupamos muito com a saúde dos alunos, porque não há aprendizagem se eles não estiverem saudáveis. Por isso, desenvolvemos este trabalho que engloba desde como ter uma alimentação correta para uma vida melhor e mais longa, até o desperdício de alimentos, que gera grande formação de lixo e prejuízos ao meio ambiente, informa a pedagoga, Jocelí Pinheiro Matedi.

No mês passado, a escola promoveu uma Feira de Ciência, em que os alunos tiveram a oportunidade de mostrar o que aprenderam. As crianças fizeram várias apresentações relacionadas à alimentação saudável, como: paródias; cartazes; peça de teatro; pirâmide alimentar; e exposição de livrinhos de receitas confeccionados pelos próprios alunos.

É importante que desde cedo as crianças saibam valorizar a alimentação e os produtos da terra e, já que a escola tem grande influência sobre a vida dos alunos, o nosso papel é oferecer uma ótima formação dos hábitos alimentares. Ensiná-los que é importante cuidar da saúde, que é o nosso maior bem, faz parte também deste papel da escola, ressalta Jocelí.

Para a professora Maria Angélica Araujo Basílio, o trabalho está alcançando o objetivo. Estamos muito satisfeitos com os resultados porque os alunos estão aplicando na vida o que estamos ensinando. Eles nos surpreendem. Esses dias, um professor estava comendo um salgado frito e uma das crianças disse é professor, que belo exemplo você está dando para gente. Foi muito engraçado, disse.

E a professora tem realmente muitos motivos para se orgulhar dos alunos. Eles demonstram que aprenderam as lições. Eu aprendi que uma alimentação saudável tem todos os nutrientes que a gente precisa para o nosso corpo funcionar bem, conta a aluna da 3ª série, Esthefany Alves Freire. Aprendi a me alimentar bem, não devo comer muita fritura e doces, e sim, muitas frutas e verduras, disse a aluna de 9 anos, Isabella de Souza Oliveira.

A aluna Ana Luiza Sperandio dá a receita para evitar problemas cardíacos: Se a gente comer no mínimo 5% de frutas e verduras por dia a gente evita doenças do coração, explica. Agora eu sei o que é alimentação saudável. Sei que devo praticar esportes e controlar meu peso, falou o aluno Agnaldo Júnior da 3ª série.

Abordagens diferentes em cada disciplina:

- História: a história da nutrição.

- Ciências: alimentação e saúde.

- Língua Portuguesa: leitura, escrita e interpretação.

- Artes: cores e formas em harmonia com a natureza.

- Educação Física: atividades físicas e queima de calorias.

- Geografia: clima, relevo e a influência na produção de alimentos.

- Matemática: produção de gráficos e tabelas da pirâmide alimentar.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sedu

Álvaro Muniz e Daniele Bolonha

Telefones: 27 3137-3656 / 3137-3598 / 9985-7783 / 9905-3637

E-mail: amneto@sedu.es.gov.br / dtbolonha@sedu.es.gov.br / kisandrade@sedu.es.gov.br

Texto: Kárita Iana

0 Comentários

Faça um comentário construtivo abaixo e ganhe votos da comunidade!

Atenção, mais de 20% do seu comentário está em letra maiúscula.

ou

Disponível em: http://gov-es.jusbrasil.com.br/politica/3231103/educacao-alimentar-e-pauta-de-trabalhos-na-escola-estadual-brasil-em-baixo-guandu